Trabalhador é agredido com pedaço de madeira

Um homem de 45 anos não sabe soube identificar quem foram os agressores que lhe receberam em frente ao portão da fazenda onde trabalha.
Um homem de 45 anos não sabe soube identificar quem foram os agressores que lhe receberam em frente ao portão da fazenda onde trabalha e nem os motivos das agressões, na zona rural do município de Guajará-Mirim/RO.
O trabalhador disse que ao chegar na fazenda, localizada no Distrito do Iata, ao abrir o portão foi golpeado com um pedaço de madeira, notando a presença de dois homens. A agressão sessou quando dois homens se aproximaram e disseram que são policiais. Os agressores fugiram e a vítima procurou a Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim para comunicar o fato.
Fonte: O MAMORÉ
Postagem Anterior Próxima Postagem