Coluna Almanaque: AMIGO É PARA ESSAS COISAS

Por Fábio Marques


Por Fábio Marques

 À convite de amigos, em tempos passados estive fazendo uma “tourné” pelo “Brasilzão”. Saí de Guajará-Mirim só com o dinheiro da passagem de ida. E desta maneira passei uma semana em Juiz de Fora sem arcar com despesa alguma - casa, comida, bebida, dormida, torresmo mineiro, chope da Brahma, eteceteras... E em seguida viajei para as praias do Guarujá no litoral paulista, aonde, uma vez instalado, pude usufruir daquilo que a vida melhor pode nos oferecer em termos de prazeres, que no meu humilde caso se resume à cerveja, bares esplêndidos e mulheres mais esplêndidas ainda, tudo por conta de amigos. Pra terminar, estive em São Paulo com direito a hotel, restaurantes, bares e city-tour pela metrópole também por conta de amigos. E acabei voltando para a aldeia Guajará com passagem aérea e subsídios para despesas extras bancados por amigos.

Ao ficar sabendo de minhas estripulias por este Brasil varonil, meu amigo Toninho Nogueira, à sua maneira muito peculiar, me encostou contra a parede na taberna do Celso Lobato num domingo: “Malandro, que mágica é essa? Tu sai daqui “liso”, viaja pelos lugares mais bonitos do Brasil e ainda retorna com oitocentos contos no calção. Qual que é o segredo?”.
Estava fazendo este “recuerdo” quando de repente comecei a refletir sobre a amizade. Você conhece alguém que não tem sequer um amigo? Dizem por aí que as pessoas que só ocupam seu tempo em acumular dinheiro, não têm amigos. Segundo conversas, estes tipos não passam de meros seres humanos sem alma no “auge” do sucesso e, claro, de sua ganância, que não estão nem aí para o infortúnio alheio, e que também não dão a mínima para o glamour que é a significância da boa amizade.
Você consegue se imaginar sem tomar uma cerveja com um amigo no boteco? Você joga pelada sozinho? Você consegue programar uma pescaria sozinho? Você consegue manter em segredo uma notícia sem contá-la de imediato para um amigo? Não, é lógico que não. A gente não consegue viver sem um amigo para compartir nossas vivências, coisas sofridas, amarguras ou felicidades.
Todas às sextas ou sábados, tomo cerveja e converso com dois ou três amigos. Não sei tomar cerveja sem estes amigos. Mas quando falo amigos, é porque são amigos mesmo... Daqueles que estão junto de você todos os dias e você não enjoa.
Amizade é uma coisa tão boa que às vezes dispensa até sexo. A amizade dispensa satisfação, hora marcada, compromisso e obrigação. A amizade é livre, amizade é discussão saudável, amizade é gargalhada, amizade são os meus amigos, amigos da vida inteira e amigos que conquistei há pouco tempo.
Enfim, é para todos os meus amigos que por ventura lerem este artigo, quero que saibam que foi escrito para você e por você. E aos meus inimigos ( É claro que também os tenho), que não fiquem com raiva por eu ter tantos amigos. Quem sabe algum dia eu também possa vir a ser seu amigo...
Meu muito obrigado!

*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.

                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem