Coluna Almanaque: ASSUNTOS GERAIS

Por Fábio Marques

 


Por Fábio Marques

Dia de Finados é dia de celebrar a saudade de nossos entes queridos. Dia de Finados também é dia de refletir sobre o encanto e o mistério da vida, sobre a rebeldia e as loucuras dos tempos de juventude, sobre o bom senso e a coerência da vida adulta, sobre o contraste daquela fantasia infantil de que iremos viver para sempre e a certeza de que não temos controle algum sobre o nosso destino.
##########
Sempre vai existir a dor inconsolável por aqueles que partiram deixando-nos uma profunda tristeza. Existem pessoas que por mais que tivessem partido, permanecem imortais em nossos corações.
##########
Não obstante (Sempre há um não obstante), existem pessoas que se morressem, a gente iria lamentar muito, mas como ainda estão vivas, a gente lamenta muito mais.
##########
Nota de Pesar: Poderia falecer neste feriado, coisa que não causaria menor comoção neste cronista, o ex-deputado federal Roberto Jefferson. Com uma vida política envolta em esquemas, entre os quais proveito do cargo público para usufruto próprio, deixa um legado regado pela corrupção. Safado, patife e sem-vergonha, também era entregão, cagueta e dedo-duro. Vai para o Inferno levando consigo a imagem do homem que chegou a um cargo público e utilizou-se dele para supostos crimes e mutretas. Em sua nova morada passará por uma sabatina onde não há tramoias processuais nem habeas corpus. Deixa muita pouca saudade no campo da política e muito lesa-pátria sobre as coisas públicas.
##########
De visita ao Palácio do Planalto o cidadão acaba passando por uma completa revista. Ao descobrir que não estava armado, de imediato a Polícia Interna lhe arranjou uma pistola Taurus calibre 38.
##########
Ninguém está podendo mais brincar. A censura está acabando com o senso de humor. A intenção de motivar o riso encontra-se sob a sentença de aloprados que deturpam fatos. A carranca da ignorância sobressai-se sobre o refino da inteligência. Energúmenos grogues pela farmacopeia do neo-fascismo rotulam como comunistas aqueles que se pronunciam contrários ao governo oficial. Vivemos o cotidiano da batalha entre o bem e o mal. Nesta medição de forças, tanto o bem como o mal acabam tendo sentidos inversos para aqueles que se digladiam no tablado dos debates políticos.
##########
As forças forenses condenam atos políticos e oprimem a liberdade dos cidadãos. As forças políticas censuram a imprensa e a liberdade de opinião. Um Juiz representa um poder de Estado ao mesmo tempo em que é um servidor público. Deveria se amparar nas leis e nunca colocar-se acima das leis. Quando a coisa começa a funcionar assim numa democracia, a situação pode ficar tão ou mais perigosa do que um regime opressor.
##########
A poesia explica: Não existe uma fórmula mágica para encontrar a alma gêmea, uma matemática para a conexão entre a pessoa que nos desperta atração e a relação cotidiana. E é no convívio cotidiano que se conhece a pessoa. Mas ainda assim devemos apostar no destino e esperar encontrar alguém que pareça com a gente, pois é mais fácil ir tentando do que ficar “criando” esta pessoa.
*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.
                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem