GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Coluna Almanaque: AS PROFECIAS


Por Fábio Marques

Não se surpreendam. Em Guajará-Mirim já existiu um cidadão com poderes de vidência que sempre estava sabendo quem, quando, onde e como muitos dos que aqui residem iriam encerrar seus dias neste planeta. Conforme os informes colhidos à época, o nome deste escriba constava da listagem, mas na rabeira. Ainda bem! Mas pelos cálculos do obituário do adivinho, muitos de nossos concidadãos estariam com os dias contados para partirem de vez para o eterno talvez. Ainda pelo teor do sepulcro livro do cidadão, do início de suas sentenças até o evento de sua passagem para outra dimensão, o número de acertos fúnebres alcançou a casa de quase 100 por cento.
##########
Mau agouro? Não se a gente enxergar neste caderno de maldições o lado bom da coisa: bem distante de figurar como um festival de praguejos, deveria se encarar estes prenúncios como um serviço social. Se o sujeito está sabendo quando irá falecer, para que se preocupar com dívidas, boletos e juros bancários? Mais oportuno seria arrumar os papéis, começar a trabalhar o testamento, satisfazer todas as suas taras ou fantasias, preparar os protocolos do velório, a escolha do caixão, as bebidas e tira-gostos a serem servidos aos que ficarem, o conjunto musical, os discursos, eteceteras...
##########
O cidadão que levava consigo estes dotes de sinistras profecias e cuja rubrica, de acordo com a convenção de Genebra, não se pode revelar, trabalhou no comércio por mais de 50 anos. Dono de hotel de tradição e mercantil de secos e molhados, também possuía muita ligação com o MDB da cidade.
##########
O vereador Mário César apresentou na sessão ordinária de segunda-feira Projeto de Lei propondo o nome do saudoso Amir Candury para designar o Mercado Público que hoje se encontra em reforma.
##########
Empresário do ramo comercial e político aguerrido, Almir Candury foi um dos figurões da política guajaramirense. Conduziu o MDB em quase todos os interstícios à nível de governo chegando ao zênite com a eleição do deputado federal Jerônimo Santana ao Governo de Rondônia nos meados dos anos 80.
##########
Natural da cidade de Porto Velho, adotou Guajará-Mirim como morada atuando no ramo de hotelaria no início e no comércio de varejos à posteriori. Foi candidato a prefeito e vice-prefeito algumas vezes servindo como patamar para a ascensão de muitos políticos.
##########
Infelizmente a pandemia do corona-vírus acabou ceifando a vida deste baluarte da política de fronteira. Não obstante, sua patente ficará para sempre cravada na história de Guajará-Mirim pela figura emblemática que foi na política desta cidade.
##########
Nada mais oportuno que o Projeto de Lei do vereador Mário César prestando esta singela homenagem ao nominar de Almir Candury o Mercado Público.
##########
A poesia explica: Estar amando é sentir-se marginal das próprias defesas. Estar amando é viver em público a autodenúncia do melhor do que se é capaz. É misturar a angústia e a agonia com o desabafo e o alívio. Mas a melhor coisa que este embrulho de aflições da cegueira da alma consegue expressar é o lado bom das sensações humanas.








                                     Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 
Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem