GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Coluna Amalnaque: O FIM DOS JORNAIS IMPRESSOS

 


Por Fábio Marques

À convite do dileto e preclaro amigo Paulinho Medeiros, estive em Porto Velho por todo o final de semana. Como nossos encontros etílicos com o honroso objetivo de relembrar os infindáveis anos 80 ocorreram sempre entre o almoço e o por do sol, acabei tirando proveito das manhãs para visitar as bancas de revistas da cidade, uma vez que Guajará-Mirim há tempos não mais dispõe destes artigos. Após pincelar as revistas, observei que quase não há mais jornais impressos. Só material para concurso público e algumas palavras cruzadas.
##########
Em tempos remotos tínhamos o Alto Madeira, a Folha de Rondônia, o Estadão do Norte e o Diário da Amazônia. Destes, apenas o Diário ainda capenga. Ocorre que pouca gente lê jornais impressos hoje em dia. Ficam mais tempo na TV, no rádio, na Internet ou nas conversas de boteco. Nas ruas, tá todo mundo olhando nos aparelhos de celular à mercê das fofocas e dos fake news dos whats apps. Hoje a Internet domina o mercado e ponto final. Jornal para quê? Se a mentira é que está criando as notícias?
##########
Quando o cinema apareceu, diziam que o teatro iria acabar. Quando apareceu a televisão, diziam que o rádio iria acabar. Agora com a entrada em campo dos sites digitais, estão dizendo que a tendência é que os jornais impressos irão acabar. No final dos anos 80 e início dos anos 90, não tinha coisa melhor do que pegar os jornais com circulação na cidade aos domingos e ficar ali numa mesa da calçada do bar Quixadá na 15 de novembro tomando cerveja e vendo as mulheres bonitas de Guajará-Mirim passarem. Que graça tem hoje ficar zapeando no celular pela Internet?
##########
Os jornais antigos tinham matérias boas e matérias ruins, mas mostravam a verdade. Os jornais de hoje estão todos apelativos. E as manchetes: Neymar Deu Porrada no Namorado. Fulana da Novela Tal Coloca Chifres no Marido. Amante de Esposa de Ministro Fascista é Comunista de Carteira. Caderno de polícia: Mulher é Pega Roubando Lata de Sardinhas no Supermercado e Justiça a Condena a Dez Anos de Cadeia. Deputado é Pego em Flagrante com Dinheiro de Extorsão e Justiça o Inocenta por Falta de Provas Substanciais, Inclusive a Justiça Arbitrou Indenização a Título de Reparar Danos Morais Pelos Quais este “Honroso” Senhor Acabou Passando. Classificados: Travesti Corpo de Apolo e Lábios de Mel Por 50 Pratas. Atende Gays, Lésbicas, Donas de Casas, Casais, Pastores e Políticos.
##########
E vou parando por aqui.
##########
O vereador Augustinho Figueiredo lidera a frente parlamentar que objetiva levantar recursos junto ao Orçamento da União a fim de que se termine a construção do novo Hospital Regional. A obra está parada e os recursos para a retomada dos serviços estão suspensos. O projeto inicial era que o hospital pudesse atender toda a região de Guajará-Mirim e arredores. O começo da construção ocorreu no ano de 2013 e a previsão para entrega estava agendada para Maio de 2014. Até o instante presente encontra-se inconclusa.

*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.







                                     Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 
Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem