GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Coluna Almanaque: DECIBÉIS EM ALTA


 Por Fábio Marques

Não é de hoje que aparecem reclames da população sobre a ausência de setores por parte da Prefeitura, o que permite de imediato perceber que o Poder Executivo ainda não possui pessoas com gabarito para a execução deste trabalho. Com isso ficam cada vez mais frequentes os abusos tanto no centro da cidade como nos bairros de Guajará-Mirim, coisa que estressam as pessoas que apenas desejam usufruir do direito de viverem em paz e desfrutar de seus sossegos.

##########
Estou falando do barulho infernal imposto todo os dias por carros de som e motos equipadas com caixas acústicas a reboque que, a serviço de lojas comerciais ou loterias regionais, acabam tirando o essencial direito de descanso das pessoas.
##########
Em tempos já passados, quando alguém resolvia tirar satisfação sobre o incômodo, dizia-se que não passava de chatice de gente velha ou com o mau costume de província dada ao sossego. Nada a ver. Em nossa cidade a Lei do Silêncio foi para as cucuias, mas o nosso povo, seja em época de mocidade ou de velhice, não pode mais conviver com altos decibéis a estourar nossos tímpanos.
##########
Os vereadores de Guajará-Mirim deveriam se animar a fim de cobrarem do Poder Executivo e dos órgãos afins (Polícia Militar e Ambiental), a aplicação das leis, que por coincidência está contida no Código de Postura Municipal (Artigo 64, parágrafo único). O Poder Executivo, por sua vez deveria se estruturar melhor para cumprir os dispositivos legais deste Código de Postura a fim de que estes atentados não mais venham a tumultuar a vida das pessoas.
##########
Acabo de ler numa revista semanal a notícia da aposentadoria da modelo Gisele Bundchen. Nunca gostei da modelo Gisele Bundchen como parâmetro de mulher perfeita. Sempre achei que faltava a ela aquilo que carrega na metáfora do sobrenome: Bunda. Além do mais é magricela. Sou adepto da mulher violão, que parece que vem perdendo prestigio. Por isso não me interesso por mulheres que mais parecem cabides ou tábuas de passar e que ainda se julgam modelos de mulher moderna. Por acaso vocês já ouviram falar no pecado do osso? Lógico que não! O pecado é da carne! Então por que as mulheres “lambisgoias” estão com tanto prestigio?
##########
De acordo com as normativas impostas pelos órgãos que regulam o trânsito que proíbem e coíbem que motoristas dirijam sob efeito etílico a fim de evitar acidentes e tragédias, questiono algumas pequenas coisas que se contrapõem. Dirigir gorozado não pode porque o bafômetro acusa. Agora dirigir com a cabeça feita à custa de maconha, extasy, cocaína, “cabeça de nego”, “prensada”, “paraguaia”, “perucha”, “escama de peixe”, mercança e outros ativos tóxicos, tá podendo?
##########
A poesia explica: Buscamos o amor porque queremos ser felizes e a felicidade sem amor nos parece pouco provável. Mas tudo parece demonstrar o contrário. Contorça um belo romance que vai escorrer lágrimas. Escute uma música de amor e ouvirá a história de uma separação. Amor também é sinônimo de dor. Mas ainda assim insisto e persisto no amor.
*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.







                                     Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 
Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Rádio Comunitária FM
On line


Mistura Forrozeira
Apresentação Didi

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem