GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Coluna Almanaque: DAS IDÉIAS E DOS DISCURSOS POLÍTICOS


Por Fábio Marques

 Há algum tempo a cidade vem sofrendo um bombardeio de notícias do rádio em que seus âncoras alardeiam que a doença Corona-Vírus mata de verdade, que é preciso que todos mantenham o máximo de cuidado, que os números estão aí para quem quiser conferir e que procurem cada um respeitar as normativas de prevenção à moléstia. Na contramão dos prognósticos que divulgam estes aloprados, talvez por serem adeptos do neofascista Governo Federal atuante, condenam a Rede Globo por emitir os mesmos alardes que eles próprios propagam. Dá pra entender?

##########
O saudoso músico e filósofo Tim Maia dizia que o Brasil é um país onde tudo se contradiz: No Brasil puta se apaixona, cafetão tem ciúmes, traficante se vicia e pobre é de direita. Para quem entende alguma coisa de política, bastaria assistir qualquer discurso do atual mandante da nação para perceber que os distúrbios psíquicos que ali se embutem tem potencial para transformá-lo num ditador carrasco de um paizeco do Terceiro Mundo.
##########
As pessoas estão confusas. Não estão sabendo mais a que ideias e projetos seguirem, como é o caso dos âncoras do programa de notícias. Mas num país em que a pobreza cultural e material inibe as pessoas até de comerem, quem é que vai se preocupar com ideias e projetos?
##########
Quem tem dinheiro se ocupa tanto com os arranjos dos negócios que não tem tempo nem para suas mulheres, imagine para com os destinos da política. Quem não tem dinheiro e sobrevive do salário mínimo ou das correrias do dia-a-dia, este cidadão é que não dispõe mesmo de tempo para se ocupar com ideias e projetos.
##########
Caberia então aos intelectuais este ofício de resolver os quiproquós que afligem a todos os cidadãos. Mas os intelectuais também se encontram envoltos entre livros, cervejas, teoremas, desvarios e tantas paranoias, que procuram colocar objeções a tudo o que porventura afetem seus estados abstratos de lucubração. Mas ainda detém o potencial das ideias. E são as ideias que preparam o restante descrito para o exercício da liberdade responsável. Portanto, parabéns aos intelectuais pela coragem de exporem suas ideias e não apenas de exporem suas coragens.
##########
Está correto o vereador Elias Crispim ao impetrar processo judicial contra o responsável por uma página do Facebook que publicou matéria contendo inverdades a respeito de sua atuação politica e de outro colega. Hoje em dia qualquer um que não possua aptidão para outra coisa na vida, mesmo sem talento ou vocação para o negócio, procura abrigar-se no jornalismo. Faz-se urgente a precisão de um Código de Ética com o objetivo de salvaguardar o prestígio da profissão junto a todas as camadas do estrato social.
##########
Está cabendo, portanto, ao vereador Elias Crispim o direito de Justiça.
##########
Aqui outra denúncia: coexistem hoje no metiê da imprensa de fronteira alguns intrusos que se comportam como atores de um teatro do faz-de-contas. Sonsos metidos a espertos, estes fingidos procuram fazerem-se de amigos no intuito de puxarem o tapete das pessoas. Assunto para outra crônica.
*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.



Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. Confira nossas redes sociais: 

Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem