Jornal O Mamoré
GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Alcadesa de Guayaramerín declara "desastre sanitário" devido ao colapso de hospitais

A alcandesa (prefeita) Helen Goyareb declarou um desastre sanitário nos hospitais da população de Guayaramerín-Beni/Bolívia, fronteira com Guajará-Mirim/RO, devido ao aumento de casos de Covid-19. A autoridade criou uma comissão e foi para La Paz pedir ajuda ao Governo, pois o município não tem mais dinheiro para oxigênio, remédios e "nem mesmo para pagar salários".

A alcandesa Helen Goyareb afirma que só têm recursos para pagar os salários dos funcionários da saúde e que não basta para combater o coronavírus.

“Estamos com uma comissão aqui em La Paz para pedir ao Governo que nos ajude na parte econômica, nos declaramos como um município de desastre sanitário, estamos passando por um momentos difíceis, a sala Covid entrou em colapso, o hospital está lotado, nos lares há pessoas que não querem ir aos hospitais e estão morrendo ”, disse a prefeita Gorayeb a Red Uno.


No entanto, indicou que foi solicitada audiência com o Ministério da Economia e Saúde para agilizar o auxílio porque “o desespero nos levou a isso, por isso viemos pedir apoio financeiro”.


“Não nos chega nem para o salário, não temos que comprar oxigênio, remédios e nem insumos. Não posso ficar sentada esperando que os recursos cheguem até nós, é por isso que trouxemos a declaração de desastre sanitário, vamos apresentá-la ao ministério porque nem temos que pagar o salário deste mês ”, advertiu a alcandesa


Ela afirmou que ainda têm algumas vacinas para a população e que têm exames diagnósticos, mas que vão acabar nos próximos dias.


Ela também disse que se reuniu com a prefeita de Guajará-Mirim para coordenar ações de controle na passagem de fronteira e evitar a entrada da nova cepa no país. 

Fonte: O MAMORÉ


Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. Confira nossas redes sociais: 

Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem