Coluna Almanaque: O FIO CONDUTOR PARA A COMPREENSÃO DOS FATOS

Por Fábio Marques

 


Por Fábio Marques

A epístola que o “Chanceler” Michel Temer redigiu para o atual inquilino do Palácio do Planalto ensina duas coisas: a primeira é que à um chefe de Estado caberá renunciar a qualquer outro mundo que não possua amparo nos atos legais conforme os estatutos da Carta Magna. À estes códigos de conduta deverá subordinar sua consciência política e suas decisões de governo. A segunda é que um chefe de Estado não poderá em hipótese alguma envolver-se em transgressões, em especial, aquelas que atentem contra o status quo vigente.
##########
Foi preciso que chamassem Michel Temer para intervir numa situação que estava se tornando agonizante e fizesse o cidadão Messias Bolsonaro repensar de forma lúcida sobre todos os atos insanos que cometeu até agora. Ora! A parte do corpo humano aonde se aloja cérebro e neurônios, quando se encontra em duas unidades consegue raciocinar de forma superior do que quando se encontra em forma unitária. Duas cabeças pensam melhor que uma.
##########
Antes tido e havido como obstrução e empecilho para o programa que pretendia implantar, agora o MDB é o dínamo propulsor e a bússola de controle político do Governo.
##########
O desgoverno Bolsonaro resolveu se atracar nas amarras do MDB como se não soubesse que esta legenda política é a mais promíscua de que se tem notícia na história destes brasis poucos sabidos. O MDB não faz acordo com ninguém se não tiver “acerto”.
##########
Política é para os políticos. Diante do inferno aparente, da situação nada positiva do Governo, correndo risco de mandato prestes a ser chutado para as cucuias, Mister Bolsonaro resolveu pedir penico. Todo aquele que possui orifício circular corrugado que se localiza na parte ínfero-lombar da região glútea, também possui nexo sensorial da consciência do perigo. Quem tem cu tem medo.
##########
Sem qualquer cultura livresca, Messias Bolsonaro elegeu-se com um discurso hipócrita de retidão, de dignidade e de correção que beirava o exagero. Fez do conflito de posições sua filosofia de governo. Assim conquistou a idolatria de idiotas úteis e tapados mentais. Irresponsável, acaba sempre falando o que não deveria. E quando precisa falar, extrapola limites levando o País para o atoleiro das ruínas insolúveis por conta de suas falações.
##########
Discussões veementes estão se travando por todos os quadrantes. Desde as mesas de botecos até os sítios digitais. Nas redes sociais tem uma charge com a máxima: O pior castigo para aqueles que votaram em Messias Bolsonaro é ter que inventar todos os dias uma desculpa para poder defendê-lo.
##########
Mas o pior não é isso. De pessoas leigas sobre política não devemos reclamar. O problema é quando a gente encontra pessoas até de intelecto agudo, mas que não tem que apresentar sobre os fatos mais que um acervo de ideias falsas. Suas opiniões são descosidas e dispersas. E quando são obrigadas a se expressar, seus argumentos não mais se encontram. Pra piorar ainda mais, mantém na mais alta conta suas opiniões e agridem com ofensas aqueles que discrepam de seus delírios.
*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.
                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem