Indígenas “sequestram” servidores da SESAI

Após conversar com as lideranças, os servidores foram liberados e os veículos permaneceram de posse dos indígenas.



Indígenas da aldeia Tanajura, localizada na zona rural do município de Guajará-Mirim/RO mantiveram reféns servidores da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), de Porto Velho/RO, na tarde desta quinta-feira, 14

Segundo dados apurados pela reportagem do jornal e site O Mamoré, os servidores realizavam na aldeia Tanajura a coleta de sangue, já que há um surto de malária na população indígena. Enquanto isso uma outra equipe participava de reunião na aldeia Capoeirinha. Passado às 14h30min, lideranças da aldeia Tanajura decidiram restringir a saída dos funcionários, informando os mesmos e os obrigando a permanecer ali, exigindo a presença do coordenador do DSEI em Porto Velho, Eloi Ângelo dos Santos Bernal. O motorista, um dos reféns, foi obrigado na companhia de indígenas a dirigir até a aldeia Capoeirinha e trazer a outra equipe até a outra Tanajura.

 

Foram tomadas as chaves das duas caminhonetes usadas pela equipe, sendo um veículo L200 Triton, placa RS 6467 e uma caminhonete S10, placa OHV 9D42, ambas de cor branca e caracterizadas pela instituição, frota do Governo Federal.

 

Passado 4h, após conversarem com as lideranças indígenas, então resolveram liberar os funcionários, que saíram caminhando a pé, cerca de 6 km, até uma outra aldeia onde um deles conseguiu carona em uma motocicleta para avisar a Casai (Casa de Apoio a Saúde do Índio) e após pegarem uma balsa e cruzar o rio, dois veículos aguardavam os servidores para deslocarem até a cidade. Dois servidores buscaram a 1ª Delegacia de Polícia Civil para comunicar o ocorrido.


Até o fechamento desta matéria, O Mamoré confirmou que os veículos ainda permaneciam de posse dos indígenas durante esta sexta-feira, 15. Os responsáveis buscavam auxílio junto a Delegacia de Polícia Federal em Guajará-Mirim para a retirada dos carros. Os servidores lotados em Porto Velho, após prestarem esclarecimentos se deslocaram a Capital.

Fonte: O MAMORÉ

                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem