Criança de 6 anos desaparece próximo a cachoeira do Rio Madeira, em Vila Murtinho

Polícia trabalha com algumas linhas de investigações.


 Na tarde deste Domingo (20), por determinação da Central de Operações uma guarnição da Polícia Militar deslocou-se até o km 9 da estrada da Vila Murtinho, zona rural de Nova Mamoré/RO, onde o comunicante, Hermenegildo Burguês, popularmente conhecido como Paraguai, informou que sua filha de nome Eloísa C. M., (portadora de necessidades especiais), que tem 6 anos de idade havia desaparecido as margens do Rio Madeira.

De imediato ao Corpo de Bombeiros de Guajará-mirim/RO foi acionado e compareceu ao local para realizar buscas. Em contato com o pai da criança, ele relatou que por volta das 17h00, percebeu que sua filha não se encontrava em sua residência em seu sítio e nem fora encontrada nas proximidades.

O pai mobilizou os vizinhos e passaram a procurar pela criança, cerca de 1 Km a frente de seu sítio, no local conhecido como cachoeira do Rio Madeira, eles encontraram a bicicletinha que a criança costuma andar e pela proximidade do local com as margens do rio deduziram que a mesma pudesse ter se afogado no rio.

Muitos populares compareceram no local para auxiliarem nas buscas juntamente com a guarnição e uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas até o momento a criança ainda não havia sido encontrada, as buscas continuam durante esta segunda – feira (21).  


Investigação

A Polícia também trabalha com a hipótese de alguém ter raptado a criança e já está investigando o caso.

No local do fato foi localizado um homem identificado como Carlos Oliveira Alves, questionado sobre o que faria ali, disse não saber de nada, que soube apenas pelas pessoas sobre o desaparecimento da criança.

Por não ter sinal no local não foi possível consultar os antecedentes de Carlos, porém quando a Polícia se deslocou para um local onde tinha contato com a central foi constatado um mandado de prisão por crime de estupro de vulnerável em Ariquemes, a Polícia voltou ao local, realizou várias diligências, porém o homem não foi mais encontrado. A polícia segue investigando o caso.


Fonte: Mamoré Agora

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem