João Vanderlei exige mais agilidade na vacinação anti-Covid

 

Visando a salvação de vidas, a garantia à saúde das pessoas e o retorno gradual às atividades econômicas de todos os munícipes de forma segura, o presidente da Câmara Municipal, João Vanderlei (Podemos), vai apresentar na Ordem do Dia da próxima Sessão Plenária do Parlamento de Fronteira, Projeto de lei em que prescreve à prefeita Raissa Bento a proposta de aquisição de vacinas de combate à moléstia Covid-19 na hipótese de insuficiência de recursos prestados pelo Programa Nacional de Vacinação. 

Pelo teor de uma das cláusulas em destaque na redação do Projeto, em caso da não existência de vacinas no município e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária não se manifestar acerca do assunto no prazo limite de 72 horas, ficaria o município autorizado a importar e distribuir a seu critério vacinas com registro oficial e eficácia aprovada em outros países. 

Em sua justificativa, João Vanderlei alega que a logística de inclusão social e cidadã ao Programa Nacional de Imunização contra a doença não se encontra a contento em Guajará-Mirim. Como consequência desta situação, o presidente da Casa de Leis adverte que muito difícil este programa irá conseguir alcançar toda a população em tempo hábil para a contenção da pandemia. Pelo motivo exposto é que exige mais dinâmica e rapidez nos incrementos e divisões destas vacinas. 

A matéria com o Projeto de Lei do presidente da Câmara vai à votação na Sessão Ordinária da próxima segunda-feira (15), no Palácio Abraão Azulay.

Fonte: Assessoria 



Vagas abertas para a segunda turma de Enfermagem!

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375


Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. Confira nossas redes sociais: 

Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem