Operação Tolerância zero: Três são presos de posse 27 tabletes de cocaína e arma de fogo

Foi preso dois irmãos e um Uber, apreendidos 27 tabletes de droga e uma pistola.


Em Operação desencadeada pelo 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira três homens moradores do município de Guajará-Mirim/RO foram presos com 27 tabletes de cocaína além de uma pistola 9mm com munições. Um dos envolvidos é um velho conhecido das Polícias quando ainda era menor de idade.

 

A Operação Tolerância zero estava ocorrendo nas vias públicas do município quando durante a noite de sábado, 11, tendo apoio de policiais do Batalhão de Polícia Ambiental que também realizam a Operação Hórus na região de fronteira, em patrulhamento pela Avenida Presidente Dutra, bairro Cristo Rei avistaram um carro estacionado com uma carrocinha e em cima havia uma motocicleta modelo CG Fan, de cor vermelha, placa NON 0445, sem saber a procedência do veículo os policiais realizaram a abordagem.  O motorista do carro Voyage, de cor prata, placa OHV 8865, Pedro Henrique Pantoja da Silva, de 35 anos, residente no bairro Liberdade, estava dentro do veículo e foi convidado a sair do automóvel para a realização de uma abordagem pessoal e nos veículos. Na cintura de Pedro foi encontrada uma pistola 9 mm, com um carregador contendo 14 cartuchos intactos, apresentando o registro da arma, porém não apresentou o porte legal do uso da arma de fogo, recebendo voz de prisão. O motorista alegou que estava ali realizando uma corrida já que trabalha como Uber.

 

Ainda na revista ao passageiro que estava ao lado da carrocinha identificado como Denis Airton Alvas Flores, de 33 anos, residente no bairro Jardim Esmeralda, nada foi encontrado, mas na mochila que estava no porta-malas do carro foram encontrados 5 tabletes de cocaína. Na mochila havia documentos pessoais de Denis que recebeu voz de prisão, nesse momento um outro policial terminava de realizar a revista no porta-malas que havia três latas de massa corrida porém dentro estavam acondicionados mais 22 tabletes de droga. Josué Alvas Flores, de 23 anos, vulgo “Jacarezinho” ao ver o irmão sendo preso passou a proferir palavrões contra os policiais e filmar a ação, tentando atrapalhar as prisões. Como o motorista alegou que levaria a motocicleta até uma borracharia, pois o pneu estava furado e quem colocou a droga no veículo foi “Jacarezinho” este velho conhecido das Polícias ao saber que seria preso chegou a reagir, mas foi contido.

 

O motorista do aplicativo confessou aos policiais que tinha conhecimento da droga e ratificando a participação dos irmãos no tráfico. O trio, a pistola, as munições, os veículos e os quilos de cocaína foram entregues na Delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por tráficos de drogas e associação ao tráfico, o motorista também foi atuado porte de arma de fogo.

Fonte: O MAMORÉ


Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. Confira nossas redes sociais: 

Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\

Postagem Anterior Próxima Postagem