Carreta com produtos químicos e substâncias tóxicas é apreendida e seguia para Guajará-Mirim

Conforme a PRF, carga estava sem nota fiscal e pode ser produto de contrabando internacional. Abordagem foi feita na BR-364, na quarta-feira (12).

Carga apreendida pela PRF na BR-364 
 Uma carreta transportando carga sem nota fiscal e possível contrabando foi apreendida na BR-364 em Jaru (RO). A abordagem foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na quarta-feira (12).

 

De acordo com a PRF, durante uma fiscalização de trânsito, os agentes abordaram uma combinação de veículo de carga (carreta) no Km 411 da BR-364. O condutor informou que era empregado de uma empresa de transportes, mas que levava uma carga sem nota fiscal de Guajará-Mirim (RO) para Cacoal (RO).

 

Ao todo, a polícia encontrou no veículo seis paletes de 1,5 m³ de baterias usadas, 163 galões de 50kg com produtos sintéticos, cinco bombonas de 160kg contendo Aguarraz (produto perigoso com classe de risco 3) e 160 sacos de 25g com dióxido de titânio.

 

Com isso, foi constatado crime tributário por tratar-se de mercadoria sem nota fiscal e crime ambiental, já que o transportador não atendia as exigências de segurança, quanto à rota, EPIs e rótulos de risco.

 

Além disso, segundo a polícia, o dióxido de titânio pode ser produto de contrabando internacional.

 

A mercadoria e a carreta foram apreendidas no pátio terceirizado da PRF em Jaru e o motorista foi apresentado a autoridade policial.

Fonte: G1


Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. Confira nossas redes sociais: 

Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem