Policiais são recebidos a bala durante abordagem e uma pessoa é ferida

Um dos acusados de disparar contra a guarnição foi atingido próximo a cabeça e posteriormente transferido para a Capital. Seu estado de saúde é grave.


 Uma guarnição do BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira) que participam da Operação Horus foi recebida a bala quando tentava realizavam uma abordagem policial na zona rural do município de Guajará-Mirim/RO. Um homem de 27 anos foi atingido e seu estado de saúde é delicado.

 

Segundo a Polícia, por volta de 01h20min de domingo, 29, a Central de Operações recebeu informações que uma residência localizada no bairro Nossa Senhora de Fátima foi alvejada com dois disparos de arma de fogo. A moradora de 33 anos acusou o seu irmão de 27 anos como o autor, ela informou aos policiais que teve uma discussão com o irmão por motivos familiares.

 

Via rádio, a informação foi repassada as guarnições que estavam de serviço, policiais da Operação Horus estavam em diligências pela zona rural do município quando em frente a uma chácara, no Ramal do Atalíbio, na Comara, visualizaram um veículo, cor cinza, modelo Astra, em atitude suspeito próximo a uma porteira, na tentativa de realizar a abordagem, os policiais desembarcavam da viatura quando desceu o motorista do carro identificado por M.  J. V. C. de 25 anos, e trocou de lugar com o outro ocupante, identificado por Wanderlei Martins Jr., de 26 anos, ao assumir a direção do veículo continuou dirigindo e no trajeto efetuou disparos de arma de fogo. A ação foi revidada pelos policiais sendo efetuado disparos de fuzil .556 e de pistola .40. O veículo colidiu de frente com a estaca de uma cerca, os ocupantes do banco de trás abriram a porta e saíram em direção a um matagal, ainda assim foram efetuados disparos em direção a guarnição que novamente revidou. Ao verificarem o carro encontraram Wanderlei alvejado próximo a cabeça, contou com o apoio de outras guarnições para procurar pelos demais ocupantes enquanto uma equipe do Corpo de Bombeiros prestava os primeiros socorros a vítima até Pronto Atendimento do Hospital Regional Perpétuo Socorro. Wanderlei foi em seguida transferido para o Hospital João Paulo II, em Porto Velho/RO, devido a gravidade do ferimento.

 

Sem localizar os ocupantes do carro, a guarnição seguiu para a Delegacia de Polícia quando depararam com o motorista que trocou de lugar com Wanderlei, ele disse que realiza serviço de motorista de aplicativo, foi acionado por Wanderlei que solicitou uma corrida até uma chácara na Comara, onde ocorria um evento, tendo mais duas pessoas como passageiros que estavam com o solicitante. Ainda disse que Wanderlei ao avistar a viatura o obrigou a desembarcar do veículo e trocar de lugar, assumindo então a direção do automóvel. Afirmou ainda que um dos ocupantes estava de posse de uma arma de cor prata, possivelmente um revólver, esta pessoa conseguiu fugir quando o veículo parou. O carro após a perícia não foi removido do local devido a falta de meios. Ao lado do veículo foram encontrados um simulacro de cor preta, um revólver calibre 38 alimentada com 05 munições, tendo uma deflagrada e uma munição calibre .357 danificada. O motorista do carro foi detido e entregue a Polícia Judiciária para providências. 

A irmã do homem ferido foi até o Hospital e relatou o fato registrado em ocorrência policial, onde o irmão minutos antes efetuou disparos em direção a sua casa. Os policiais em pesquisa a ocorrência relatada pela irmã de Wanderlei constataram vários outros registros policiais envolvendo o acusado.

Fonte: O MAMORÉ

                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem