Coluna Almanaque: ESQUERDA VOLVER!

Por Fábio Marques


 Por Fábio Marques

Com a chegada do fascista Messias Bolsonaro ao Poder supremo nacional, o Brasil assiste hoje à um apartheid social nunca antes vivido. O formato de poder que este cidadão tem como espelho se lastreia pelo domínio da consciência, pela tirania política e pela pobreza cultural. O desgoverno Bolsonaro já conseguiu transformar seus adeptos num rebanho de autômatos a serviço da desrazão e da barbárie. O regime imposto pelo Capitão do Exército a mando do Federal Bureau quer impedir que o ser humano possa pensar e agir como homem e cidadão. Este sádico sistema não deseja produzir sujeitos e sim produzir súditos.
As pessoas parecem estar tomadas por uma espécie de psicose que as alienam e as induzem a aplaudir até aquilo que antes achavam errado. Ora! O errado será para sempre errado mesmo quando as intenções são elogiáveis. Esta hipnose as impede de distinguir entre o justo e o injusto, a verdade e a enganação. O pior de tudo é que estes débeis mentais ainda fazem discursos radicais nas mesas de botecos e nas redes sociais com um talento de causar inveja, tamanhas suas verborreias e estultilóquios.
O governo de opressão hoje encruado no poder impõe prescrições exatas de conduta e postura. É um governo que censura e coage, que proíbe e deseja modelar a vida dos outros pela sua lógica devassa. Quer arbitrar o que se pode opinar, o que não se pode opinar ou ainda quem tem o direito de opinar. Este estado cavernal de coisas afeta almas, corpos e atitudes.
Fatos políticos só se alteram com outros fatos políticos. É preciso mais do que nunca inventar um fato político novo para destronar esta invasão de idiotia que hoje assola o país e ameaça corromper mentes e corações em outros níveis de cultura.
Ah, mas tem o futebol para entreter a plebe ignara. Por exemplo, o Flamengo jogando e ganhando de qualquer outra equipe, acabam-se todos os problemas. O povaréu esquece a miséria de vida que vem levando, as contas a pagar, a falta de emprego e perspectivas para os filhos, os chifres que a esposa lhe coloca sem dó nem piedade, a situação caótica da cidade, do Estado, do país em todos os setores. O que importa é que uma vez Flamengo, sempre Flamengo!
E o que resulta disso tudo? Não deu para perceber? Isso é tudo o que governo quer. Condenar as pessoas à total amnésia e a vegetar em plena vivência. Condenar de morte tanto a cultura como os valores que dão sentido à vida de verdade. Reprimir sonhos e ideais. Quando os cidadãos não têm mais direito de sonhar utopias para outros mundos possíveis, acabam tornando-se mortos-vivos sem nome e sem registro.
Este sistema deseja impor valores sagrados como Pátria, Família e Religião como símbolos apenas para dar um verniz legal para um projeto de ambição e de poder às custas dos inocentes úteis.
Com este invólucro de fachada, o diabo acaba virando Deus para a maioria idiotizada e atinge seus objetivos.
*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.

                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\



1 Comentários

  1. O autor descreveu a grande tragédia q foi o regime comunista ao longo dos anos em que estiveram no poder. O coitado deve estar sofrendo de abstinência ao desvio do erário publico junto con sus gangue de idiotas comunistas! Como já foi falado antes...quem não gosta do Bolsonaro são os traficantes, corruptos, os cheira cola e vagabundos kkk #Bolsonaro 2022

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem