GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Coluna Almanaque: POR FALTA DE ASSUNTO


 Por Fábio Marques

Sem qualquer assunto para preencher a Coluna do final de semana, me encontro a matutar acerca do infinito cósmico, a quarta dimensão, a mecânica plástica do átomo, a linguagem dos cálculos da energia nuclear e a conexão das moléculas com o número de prótons e elétrons contidos no colapso radioativo, buscando encontrar respostas para a compreensão do intelecto de Deus e sua relação com a origem e o destino dos seres humanos.
##########
Aí de repente como num repente um insight me ocorre: por que não escrever sobre cultura? Fechado. Hoje vou me dar ao luxo de levantar alguns conceitos e sentenças sobre a temática.
##########
Cultura é tudo aquilo que faz florescer o que há de mais humano no homem. O ser humano não é apenas matéria e espírito. É também sua cultura.
##########
Cultura é crítica, reflexão, autoanálise e horror pela pequenez das ideias inúteis e nocivas. O maior problema do cotidiano é o atraso cultural. Pior de tudo é que este atraso cultural está sendo mantido pelo governo de plantão que prefere que a maioria do povo continue ignorante.
##########
Apesar dos tropeços em relação à cultura por conta de um governo que parece ignorar o que isso significa, os poetas e os filósofos sempre irão colocar em prática seus ideários de vida, mesmo que sujeitos à ignorância de broncos-encefálicos contrários a qualquer forma de expressão cultural.
##########
Aberto de terça a sexta-feira a partir das 16 horas e aos sábados a partir das 11 da manhã, o bar Bon Vivant agrega todos os tipos de fregueses. Do chato de galochas ao cara de refino social, do pé-inchado do Mercado Público aos prósperos homens de negócios da cidade. Afinal, não se deve negar a ninguém o direito de beber, de rir ou de reclamar. Desde que respeite o direito à dignidade das outras pessoas. Lógico que também aparece gente medíocre, incapaz de seduzir pelas ideias ou atitudes. Gente cujas conversas irritam e estragam o dia de quem deseja a felicidade pagando por este êxtase a frente de um copo de cerveja. Mas são coisas de boteco que devemos relevar.
##########
Dos risíveis flagrantes entre cultos e incultos: num programa tipo mesa redonda juntaram o psicanalista Eduardo Mascarenhas e o pugilista Adilson Maguila. Uma das perguntas: - O que o senhor faria se pegasse sua esposa transando com outro homem? Respondeu Mascarenhas: - É muito mais fácil acusar a outra parte da relação por supostas falhas do que analisar à luz da consciência todas as atitudes. Questões culturais impostas pelo contrato social, pela família ou pela religião acabam fazendo com que as relações conjugais se camuflem no dia-a-dia. É preciso fazer um esforço para procurar dar um pouco mais do que a outra pessoa espera. Ao mesmo tempo é preciso não esperar de forma exclusiva um amor que não seja o reflexo do nosso.
- E você Maguila? Prosseguiu o repórter.
- O quê?
- O que você faria se pegasse sua esposa com outro homem?
- Eu mato ela!

O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.








                                     Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 
Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem