Coluna Almanaque: O PAPEL SOCIAL DA IMPRENSA

Por Fábio Marques

Por Fábio Marques
Uma vez situado o poder da Imprensa, seja falada, escrita ou audiovisual, como fonte de informação na vida das pessoas e sabendo que este jornal digital é referencial de notícias na cidade, o que lhe confere importância no tocante à atuação da imprensa, preocupa a avalanche de alguns veículos de mídia que apelam para a distorção dos fatos e para a invenção de factoides que acabam por degradar valores que se abrigam no contexto social. A imprensa representa o quarto poder. Por isso é que lhe cabe fiscalizar os outros três. Afinal, só o fiscal que não se corrompe pode cobrar responsabilidades e impedir que os políticos continuem a praticar atos lesivos à coisa pública.
A imprensa, através de seus veículos, executa um papel de relevância no processo da história. O poder da Imprensa é infinito. Daí o temor que muitos políticos têm a ponto de tentarem calar a Imprensa e infelizmente algumas vezes alcançam seus objetivos. É sabido que através do poder do dinheiro, alguns políticos praticam crimes contra o Estado de Direito e procuram corromper a imprensa para fazerem dos abusos de poder, matérias a seu favor.
Tenho ouvido reclames e clamores de muitos lugares e de muita gente consciente, pedindo que a nossa Imprensa livre de Guajará-Mirim, salvo da corrupção e acima de interesses que não sejam os da população, reajam em nome dos abusos e atos lesivos que se praticam contra o bem público. Esta mesma gente acha que não pode haver tolerância para com estes desmandos.
É mister colocar em realce que a Imprensa sobrevive como qualquer empresa e como tal, é mantida pelos seus anunciantes, entre eles, Prefeitura, Câmara de vereadores, Assembléia e Governo do Estado. No entanto, acima de qualquer coisa ela tem o compromisso com a informação e a verdade.
Em nome do site de notícias O Mamoré, gostaria de externar minha revolta contra a conduta de alguns membros da nossa Imprensa de fronteira que de forma imoral e descarada utilizam de seus meios não para informar, mas para mascarar fatos com a nítida intenção de atingir e desonrar pessoas. E também contra aqueles que pela escassez de ideias, inteireza dos fatos, talento ou poder de criação, costumam alterar as redações dos colegas de profissão ou ainda não dar créditos para a fonte da notícia quebrando assim todos os códigos de ética para atuação neste ramo setorial.
##########
Sendo uma das poucas pessoas desta cidade a levantar a voz contra os corruptos, às vezes me impressiona a ingenuidade do nosso povão e como ele se presta à massa de manobra. Os assuntos que comento aqui na Coluna, muitas vezes as pessoas por si própria não consegue enxergar, não por ser incapaz, mas pela distorção que ocorre por parte daqueles que tem a intenção de mascarar a verdade. Sou o oposto dessa gente. Sou um homem livre e falo o que acho que deve ser falado.
##########

Por hoje é só. Um ótimo final de semana a todos os leitores. 

*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.



Vagas abertas para a segunda turma de Enfermagem!

Polo Guajará-Mirim:

Avenida XV de Novembro, 1922 - Em frente ao Ginásio Afonso Rodrigues

(69) 3541-5375



Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. Confira nossas redes sociais: 

Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem