Caso Emanuele Cristine: Suspeito da morte de menina de 13 anos é guajaramirense e está foragido

Vítima foi morta com tiro à queima-roupa no residencial Orgulho do Madeira, em Porto Velho, no mês de maio. Suspeito é considerado foragido da Justiça


Kelson Lobato Moraes é procurado por matar Emanuele, de 13 anos, em Porto Velho

O assassinato de Emanuele Cristine Gomes França, de 13 anos, completou um mês neste domingo (27). A vítima foi morta com tiro à queima-roupa no residencial Orgulho do Madeira em Porto Velho/RO.

 

Um mês depois do crime, a polícia ainda tenta chegar ao paradeiro do principal suspeito, identificado como Kelson Lobato Moraes, de 19 anos.

 

Segundo a polícia, Kelson tinha uma relação amorosa com uma irmã da vítima e, na noite do crime (em 26 de maio), foi visto portando uma arma de fogo dentro do apartamento onde Emanuele morava.

 

No início de junho, a Polícia Civil divulgou a foto do suspeito para que a população denuncie o paradeiro dele, no entanto o mandado de prisão temporária contra Kelson não foi cumprido, segundo o Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP).

 

Natural de Guajará-Mirim (RO), Kelson nasceu em 2002 e é conhecido por algumas pessoas como 'Bolívia' e 'Playboy'. Ele é considerado foragido da Justiça, que expediu mandado de prisão contra ele em 18 de junho.

 

Depois de matar Emanuele Cristine, o suspeito chegou a usar redes sociais para comentar sobre o crime e 'debochar' da situação.

 

A Polícia Civil pede para que, quem tiver informações sobre o paradeiro de Kelson, que entre em contato pelo telefone 197 da Polícia Civil ou 190 da Polícia Militar. "O sigilo de quem denunciar é absoluto", ressalta a Civil.

  

Ainda não se sabe o motivo de Kelson ter matado Emanuele Cristine.

Fonte: G1

                                                Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 

Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Postagem Anterior Próxima Postagem