GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Projeto Amor Ágape é desenvolvido pela primeira vez na Casa de Detenção Masculina de Guajará-Mirim


 Em junho, mês em que é comemorando o dia do evangélico no estado RO a Secretaria de Estado de Justiça – SEJUS - através da Gerência de Reinserção Social, com o Apoio da Diretoria Regional de Porto Velho, na pessoa de Valdomiro Silvino de Melo, não podia deixar essa data passar despercebida. Nesse sentido sob coordenação de Rosely Fernandes Moreira Ojopi foi realizado pela primeira vez na Casa de Detenção Masculino de Guajará Mirim o Projeto idealizado pela Igreja Wesleyana Central de Porto Velho: Projeto Amor Ágape ocorreu nos dias 17, 18, 19, nas dependência da Casa de Detenção de Guajará Mirim - CDGUM, onde os internos que se encontram recolhidos a disposição da justiça na referida unidade prisional receberam atendimento odontológico, judicial, saúde, massoterapia, religioso, serviço social como corte de cabelo e barba, e confecção de RG.

Cabe salientar que para os atendimentos acima citados foi realizada uma triagem pela equipe envolvida na ação, onde se fizeram presentes: os voluntários: Luciana Costa das Chagas (advogada), Raimundo Lins Teixeira, Fabrício Amaral Lopes de Lima (pastor), Max Leandro do Nascimento (missionário), Sebastião Plácido de Oliveira (evangelista), Jonas Clígie Mittouso Pinheiro, Silvestre Gonçalves Lima Neto, Rosely Fernandes Moreira Ojopi, Cleudo Moreira da Silva, Raimunda Pinto Valente, Maria do Rosário Pinto, Marcia Elizabete Lopes (dentista), Maria Neide Carneiro (auxiliar), Helena Danin Rossende (Odontologa), João Batista Lopes(pastor) e Jean Carlos da silva (missionário). Policiais Penais apoio: Aline Pereira Camacho Marques (30116622), Gerson Galdino Ramos(300093217), Marcio Luiz de Souza costa (300093217) e Valdomiro Silvino de Melo.


Para que o projeto pudesse ser desenvolvido garantido segurança a todos os envolvidos na ação a direção geral da Casa de Detenção Masculina de Guajará-Mirim (CDGUM), Alex Felix Monte solicitou apoio ao 01 do GAPE de Guajará-Mirim, Franciarles Cardoso dos Santos que atendendo também a solicitação do diretor Regional do Sistema Prisional Valdomiro Silvino de Melo convocou a equipe do NGAPEGM,  que participou da ação nos dias em comento.

Ressalta-se que o Projeto Amor Ágape atendeu a População Carcerária, servidores, logrando êxito no desenvolvimento da ação com o atendimento aproximado a seguir:

Odontológico: 49 internos.

Assitência Jurídica: 58 internos.

Identificação RG: 22 internos.

Evangelismo: 257 atendimentos.

Psicólogo: 257 atendimentos.

Batismo: 29 internos.

Masoterapia: 75 atendimentos.

Corte cabelo: 35 atendimentos.

Ao final da ação foi realizado o Batismo dos reeducandos nas águas servido lanche aos internos, colaboradores e envolvidos no Projeto.

Em depoimento do 01 NGAPEGM, Franciarles Cardoso dos Santos informou que o sucesso do projeto deve-se a Deus que colocou no caminho da Unidade Prisional a equipe representada pela Coordenadora do Projeto Rosely  Fernandes Moreira, que obteve o Aval da SEJUS, através do Secretário de Justiça, Marcus Castelo Branco Alves Semeraro Rito que passou a demanda para o Diretor Geral do Sistema Prisional Célio Luis de Lima, o qual providenciou que o diretor Regional do Sistema Prisional Valdomiro Silvino de Melo coordenasse o projeto de forma que a logística atendesse o pretendido pela equipe do projeto.

Salientou ainda, que o projeto reflete de forma positiva reduzindo as escoltas externas, para atendimento de saúde aos interno, uma vez que foi realizado um levantamento entre todos os que se encontram recolhidos na unidade Prisional e foram contemplados com o atendimento necessário e trazendo harmonia ao ambiente prisional.

Em depoimento a Coordenadora do Projeto Amor Ágape, Rosely Fernandes Moreira Ojopy cita que o objetivo principal do projeto é promover saúde emocional e espiritual para os reeducandos, servidores e familiares, enfatizando que o projeto é realizado com zelo, cuidado e reponsabilidade, visão essa que trás acolhimento e humanização por parte da população carcerária.

O diretor geral da Casa de Detenção considerou que Deus tem o poder de transformar a vida do homem, em 2 Timóteo 3:16-17, Paulo disse: "Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.  Creio que a assistência religiosa é fundamental para fins de ressocialização dentro da unidade prisionais, através de conversão e entrega da  vida do reeducando a Jesus, e através  da palavra e as misericórdias do Senhor Jesus, que se renova todas as manhãs em nossas vidas.

Fonte: Assessoria/O MAMORÉ








                                     Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 
Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\


Rádio Comunitária FM
On line


Mistura Forrozeira
Apresentação Didi

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem