GUAJARÁ-MIRIM Rondônia

Coluna Almanaque: A REVOLTA DOS CÃES


Por Fábio Marques

A cada dia mais aumenta o número de cachorros vadios pelas avenidas da cidade causando acidentes de trânsito, lesando ciclistas e motociclistas. Pedestres também reclamam de cachorros soltos por seus donos irresponsáveis que, com cara de poucos amigos e mandíbulas com pressão de seiscentos calibres repletos de ódio, atacam quem resolve se atrever a cruzar-lhes o caminho. Está um perigo transitar pelas ruas por conta dos caninos. A Vigilância Sanitária tem que alertar a prefeita sobre esta situação, que é nociva até para saúde pública. E a prefeita precisa fazer alguma coisa em relação a este problema.

##########

A Polícia Ambiental precisa urgente tomar medidas pragmáticas em relação aquelas pessoas que abusam do direito de liberdade e procuram invadir o limite que ao outro lhe compete. Refiro-me aos motoristas de carros ou motos de som que divulgam promoções de lojas e que estupram os ouvidos de quem quer que esteja ao alcance de seus alto-falantes. A Polícia Ambiental também deveria aplicar multas pesadas e apreender a equipagem de som de malucos que todos os finais de semana disputam um concurso insano próximo às praças e bares para ver quem consegue fazer mais barulho. Às vezes estando a uma distância de cem metros desta poluição sonora, é impossível escutar a própria voz ou manter qualquer conversação. Agressão aos ouvidos e desobediência a várias leis e posturas que limitam o barulho em lugares públicos. Acima dos 45 decibéis, qualquer ruído contínuo pode levar as vítimas ao estresse e submetê-las a riscos de infarto ou colapso nervoso. Isto fora o estrago nos tímpanos.

##########

Moradores dos bairros Triângulo e Industrial reclamam do matagal que está se formando em quase toda extensão da calçada da Avenida Doutor Leverger nas cercanias do Mercado Municipal. Este matagal tem causado transtorno aos pedestres que encontram muitas dificuldades para transitar no local.

##########

Segundo informações obtidas, a situação piorou depois que aumentou o trânsito de carretas que utilizam este corredor viário para fazerem chegar produtos nas empresas de atacado situadas próximas às margens do Rio Mamoré. O matagal na calçada contribui para o agravamento da situação, uma vez que os transeuntes são obrigados a se aventurar na pista de rolamento, às vezes em meio aos veículos automotores, expondo assim suas vidas ao risco de morte.

##########

Preocupados com este estado de desleixo, moradores das cercanias estão pedindo em caráter de urgência uma limpeza naquela área. A continuar assim, além enfear a paisagem, o matagal compromete a qualidade de vida e a segurança daqueles que precisam se utilizar daquela via de acesso tanto ao Mercado Municipal como à Feira-livre que ocorre aos sábados.

##########

A poesia explica: Nunca te conheci antes, mas te amo desde sempre. Sim, muito antes de te conhecer, eu já amava você. Você é a mulher com quem sempre estive sonhando a vida inteira. Você tem toda a beleza que sempre procurei numa mulher. Toda a beleza que achava que nem pudesse existir. Que pena que você esteja a milhares de anos-luz de minha mísera existência.

*O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Mamoré não tem responsabilidade legal pela "opinião", que é exclusiva do autor.










                                     Você encontra modelos dos tamanhos P ao EXG. 
Confira nossas redes sociais:  Facebook: M&M Modas  /   Instagram: mmmodasgm\





Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem